Transtorno do Sono

Dr. Miguel A. V. Franco

Dr. Miguel A. V. Franco

Psiquiatra

Publicado em 21/03/2024

O que é transtorno do sono e quais seus sintomas?

Mulher se sentido confusa e estressada.

O Transtorno do Sono é uma condição psiquiátrica complexa presente em todas as esferas sócio- culturais, estratos econômicos e faixas etárias em todo o mundo. Segundo a OMS : 70% dos adultos ao redor do Mundo sofrem de algum distúrbio relacionado ao padrão de sono noturno. Caracterizado por dificuldades recorrentes e persistentes em adormecer, permanecer dormindo ou manter um padrão de sono saudável, esse transtorno pode ter um impacto negativo significativo no cotidiano dos indivíduos afetados. Distúrbios do sono podem surgir de diversas formas, como insônia, apneia do sono, síndrome das pernas inquietas, entre outros.

É importante destacar a distinção entre dificuldades de sono temporárias, causadas por eventos estressantes ou perturbadores, e os distúrbios do sono crônicos característicos do Transtorno do Sono. Situações estressantes, mudanças no ambiente ou preocupações diárias podem levar a noites de sono comprometidas, como uma resposta natural e temporária ao estresse. No entanto, os distúrbios do sono associados ao Transtorno do Sono são persistentes e recorrentes, interferindo de forma significativa na capacidade do indivíduo de descansar adequadamente, independentemente das circunstâncias.

Os sintomas do Transtorno do Sono podem variar de acordo com o tipo específico de distúrbio e incluem dificuldade em adormecer, acordar frequentemente durante a noite, sensação de cansaço durante o dia, irritabilidade, dificuldade de concentração e queda no desempenho cognitivo. Esses sintomas afetam negativamente a saúde física e mental do indivíduo, prejudicando sua qualidade de vida e funcionamento diário. Em resumo, enquanto dificuldades de sono temporárias são comuns e muitas vezes relacionadas ao estresse cotidiano, os distúrbios do sono persistentes do Transtorno do Sono requerem atenção médica e tratamento adequado para melhorar a qualidade do sono e promover o bem-estar geral do indivíduo.

Causas do transtorno do sono

O Transtorno do Sono é uma condição multifatorial cuja origem ainda é alvo de pesquisas. Considera-se que uma complexa interação entre fatores genéticos, neurobiológicos e ambientais esteja relacionada ao seu surgimento. Desequilíbrios neuroquímicos, especialmente relacionados a neurotransmissores como serotonina, dopamina e noradrenalina, juntamente com uma predisposição genética indicada por históricos familiares, têm sido associados ao transtorno. Eventos estressantes, traumas ou situações de grande sobrecarga podem desencadear a manifestação dos sintomas do Transtorno do Sono em indivíduos suscetíveis. O uso indevido de substâncias também pode desencadear os sintomas e agravar a gravidade do transtorno do sono.

Acho que sofro de transtorno do sono, o que fazer?

O diagnóstico do Transtorno do Sono é uma etapa crucial e complexa que requer uma avaliação completa por parte de um profissional de saúde especializado em distúrbios do sono. Isso envolve entrevistas clínicas detalhadas, avaliações do padrão de sono, exames físicos abrangentes. Uma vez diagnosticado, o tratamento do transtorno do sono geralmente consiste em uma combinação de abordagens terapêuticas e medicamentosas Além disso, o suporte da família e a criação de um ambiente propício ao sono desempenham um papel fundamental no tratamento. Quanto às perspectivas futuras, pesquisas continuam progredindo na compreensão dos distúrbios do sono, e novas abordagens terapêuticas são desenvolvidas para melhorar a qualidade de vida daqueles que vivenciam essa condição desafiadora.

Caso haja presença dos sintomas, recomendamos que o paciente consulte-se com uma das especialidades abaixo:

Referências

AMERICAN ACADEMY OF SLEEP MEDICINE. (2014). THE INTERNATIONAL CLASSIFICATION OF SLEEP DISORDERS - THIRD EDITION (ICSD-3). DARIEN, IL: AMERICAN ACADEMY OF SLEEP MEDICINE.

BUYSSE, D. J. (2014). SLEEP HEALTH: CAN WE DEFINE IT? DOES IT MATTER? SLEEP, 37(1), 9–17. HTTPS://DOI.ORG/10.5665/SLEEP.3298

MORIN, C. M., & ESPIE, C. A. (2003). INSOMNIA: A CLINICAL GUIDE TO ASSESSMENT AND TREATMENT. SPRINGER.

NATIONAL INSTITUTE OF NEUROLOGICAL DISORDERS AND STROKE. (2020). BRAIN BASICS: UNDERSTANDING SLEEP. RETRIEVED FROM HTTPS://WWW.NINDS.NIH.GOV/DISORDERS/PATIENT-CAREGIVER-EDUCATION/UNDERSTANDIN

Dr. Miguel A. V. Franco

Escrito por Dr. Miguel A. V. Franco

Psiquiatra

CRM 132075

Você tem uma pergunta?

Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se a um especialista.