Síndrome de Tourette

Dr. Miguel A. V. Franco

Dr. Miguel A. V. Franco

Psiquiatra

Publicado em 22/03/2024

O que é Síndrome de Tourette?

Pessoa recebendo terapia de um profissional de saúde mental, em um ambiente acolhedor e seguro

A Síndrome de Tourette é uma condição neuropsiquiátrica que afeta uma parcela significativa da população, presente em todas as esferas sócio-culturais, estratos econômicos e faixas etárias. Caracteriza-se por movimentos ou vocalizações involuntárias e repetitivas, comumente conhecidos como "tiques" os quais podem variar em intensidade e frequência, podendo incluir movimentos como piscar de olhos, sacudir a cabeça, encolher os ombros, vocalizações como grunhidos, pigarros ou palavras fora de contexto. Se diferencia de outros transtornos que apresentam tiques, já que para ser classificado como síndrome de tourette, os múltiplos tiques motores e vocais devem possuir uma duração superior a um ano.

Quais são os sintomas?

Podem existir sintomas associados além dos visíveis e audíveis como dificuldades de concentração, impulsividade, irritabilidade, dificuldades de sono e ansiedade em função da natureza imprevisível do Tourette e a sensação de falta de controle sobre os tiques, o que pode levar a sentimentos de frustração, vergonha e isolamento social, à medida que os indivíduos tentam sem êxito, lidar com os desafios apresentados pela condição.

Quais são as causas?

As causas da síndrome tourette ainda são objeto de estudo, pesquisas apontam que seja causada por uma combinação de fatores genéticos ligados à hereditariedade, neuroquímicos e ambientais, descobertas indicam uma relação com outras patologias como déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), transtornos de aprendizagem e transtorno obsessivo-compulsivo (TOC). O diagnóstico precoce e o acesso a intervenções terapêuticas adequadas, como terapia cognitivo-comportamental, medicação e suporte psicossocial, são fundamentais para ajudar os indivíduos com Tourette a gerenciar seus sintomas e melhorar sua qualidade de vida.

Tratamento e perspectivas futuras

O tratamento da Síndrome de Tourette é multifacetado e visa principalmente gerenciar os sintomas para melhorar a qualidade de vida dos pacientes. Terapias comportamentais, como a terapia cognitivo-comportamental, são frequentemente utilizadas para ajudar a controlar os tiques e a lidar com os desafios emocionais associados à síndrome, a prescrição de medicamentos visa reduzir a gravidade dos sintomas, proporcionando alívio significativo. Embora não haja uma cura definitiva, o tratamento adequado proporciona mais conforto e revela-se funcional.

Caso haja presença dos sintomas, recomendamos que o paciente consulte-se com uma das especialidades abaixo:

Referências

1. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PSIQUIATRIA. (2019). DIRETRIZES BRASILEIRAS PARA O TRATAMENTO DO TRANSTORNO DE TOURETTE. RETRIEVED FROM HTTP://WWW.ABP.ORG.BR/UPLOADED/ARQUIVOS/TRANSTORNO%20DE%20TOURETTE.PDF

2. ROBERTSON, M. M. (2000). TOURETTE SYNDROME, ASSOCIATED CONDITIONS AND THE COMPLEXITIES OF TREATMENT. BRAIN, 123(3), 425-462.

3. LECKMAN, J. F., & COHEN, D. J. (1999). TIC DISORDERS. IN M. RUTTER & E. TAYLOR (EDS.), CHILD AND ADOLESCENT PSYCHIATRY (4TH ED., PP. 508-533). OXFORD, UK: BLACKWELL SCIENCE.

4. BLOCH, M. H., & LECKMAN, J. F. (2009). CLINICAL COURSE OF TOURETTE SYNDROME. JOURNAL OF PSYCHOSOMATIC RESEARCH, 67(6), 497-501.

5. FREEMAN, R. D., & FAST, D. K. (2018). TIC DISORDERS AND ADHD: ANSWERS FROM A WORLD-WIDE CLINICAL DATASET ON TOURETTE SYNDROME. EUROPEAN CHILD & ADOLESCENT PSYCHIATRY, 27(5), 561-568.

Dr. Miguel A. V. Franco

Escrito por Dr. Miguel A. V. Franco

Psiquiatra

CRM 132075

Você tem uma pergunta?

Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se a um especialista.