Distúrbios Alimentares (anorexia, bulimia e compulsão alimentar)

Dr. Rodrigo Athanazio

Dr. Rodrigo Athanazio

Clínico Geral

Publicado em 28/02/2024

Distúrbios alimentares são condições sérias de saúde mental que afetam a relação das pessoas com a alimentação e a imagem corporal.

Alimentos saudáveis dispostos de maneira atraente, simbolizando o equilíbrio entre nutrição e bem-estar mental

Caracterizados por padrões alimentares perturbados, esses distúrbios podem ter impactos significativos tanto na saúde física quanto psicológica.

Neste artigo, exploraremos os tipos mais comuns de distúrbios alimentares, seus sintomas e a importância de reconhecer esses sinais para buscar ajuda apropriada.

O que são Distúrbios Alimentares?

Distúrbios alimentares são transtornos mentais que se manifestam por meio de hábitos alimentares extremamente problemáticos.

Eles podem envolver a ingestão insuficiente ou excessiva de alimentos e estão frequentemente associados a preocupações obsessivas com o peso e a forma do corpo.

Tipos Comuns de Distúrbios Alimentares

Existem vários tipos de distúrbios alimentares, mas os mais conhecidos incluem:

  • Anorexia Nervosa: caracteriza-se pela restrição alimentar severa e pelo medo intenso de ganhar peso, levando os indivíduos a um peso corporal significativamente baixo. Diferentemente da bulimia, pessoas com anorexia raramente recorrem a comportamentos purgativos após a ingestão de alimentos, e sua distorção da imagem corporal os faz perceberem-se como sobrepesados, mesmo quando estão gravemente desnutridos. Comportamentos purgativos são caracterizados como ações para eliminação do alimento ingerido como por exemplo a indução de vômitos após uma refeição.
  • Bulimia Nervosa: é um transtorno alimentar em que indivíduos experienciam episódios recorrentes de compulsão alimentar, consumindo grandes quantidades de alimentos em curtos períodos, seguidos por comportamentos purgativos, como vômitos autoinduzidos, uso excessivo de laxantes ou exercício físico intenso. Essas ações são tentativas de compensar o excesso de calorias consumidas durante as compulsões e de controlar o peso. Os indivíduos com bulimia frequentemente mantêm um peso normal, o que pode dificultar o reconhecimento do transtorno por familiares e profissionais de saúde
  • Transtorno de Compulsão Alimentar Periódica: Caracterizado por episódios recorrentes de compulsão alimentar sem os comportamentos compensatórios típicos da bulimia. Indivíduos podem comer grandes quantidades de comida rapidamente e até sentir-se desconfortavelmente cheios, frequentemente vivenciando sentimentos de culpa e vergonha após as compulsões.

Diagnóstico e Sinais de Alerta

O diagnóstico de distúrbios alimentares é feito com base na história clínica e comportamental do indivíduo, não existindo um teste específico.

Sinais de alerta incluem mudanças drásticas nos hábitos alimentares, preocupação excessiva com o peso e a forma do corpo, uso frequente do banheiro após as refeições e sinais físicos como perda ou variação significativa de peso, problemas dentários e desnutrição.

Importância de Reconhecer os Sinais

Reconhecer os sinais de distúrbios alimentares é crucial para buscar ajuda a tempo.

Eles não apenas afetam a saúde física, mas também têm um profundo impacto na saúde mental e qualidade de vida.

O tratamento precoce aumenta significativamente as chances de recuperação completa.

Tratamento e Recuperação

O tratamento para distúrbios alimentares geralmente envolve uma abordagem multidisciplinar, incluindo terapia psicológica, nutricional e, em alguns casos, medicamentosa.

O objetivo é restaurar o peso saudável, tratar as complicações físicas, e abordar as questões psicológicas subjacentes, como a imagem corporal distorcida e os comportamentos alimentares desordenados.

Caso haja presença dos sintomas, recomendamos que o paciente consulte-se com uma das especialidades abaixo:

Distúrbios alimentares são condições complexas que requerem uma abordagem compreensiva e multidisciplinar para o tratamento. Informar-se e conscientizar-se sobre esses transtornos é um passo importante para apoiar a si mesmo ou aos outros na jornada de recuperação.

Dr. Rodrigo Athanazio

Escrito por Dr. Rodrigo Athanazio

Clínico Geral

CRM-SP: 122658

Você tem uma pergunta?

Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se a um especialista.