Alterações Mamárias

Dra. Sara Lemos

Dra. Sara Lemos

Médica de Família

Publicado em 18/03/2024

Alterações mamárias referem-se a qualquer modificação na aparência, textura ou sensibilidade das mamas que possa diferir do estado habitual de uma mulher.

Médica atendendo mulher.

Essas alterações podem variar desde diferenças na pele, tamanho, forma, presença de nódulos ou secreção pelos mamilos.

Embora muitas alterações mamárias sejam benignas, é importante reconhecê-las e saber quando procurar avaliação médica, pois podem ser indicativas de condições mais sérias, incluindo câncer de mama.

O que são Alterações Mamárias?

Alterações mamárias referem-se a quaisquer modificações perceptíveis nas mamas, que não estão relacionadas aos processos naturais do ciclo menstrual.

Estas podem incluir a presença de nódulos, modificações cutâneas como enrugamento ou retração, alterações na dimensão ou contorno, dor persistente em uma área específica, e secreção mamilar, particularmente se esta for sanguinolenta.

Tipos Comuns de Alterações Mamárias

  • Nódulos ou massas únicas, que podem variar em consistência
  • Dor ou sensibilidade, especialmente se não relacionadas a ciclos menstruais
  • Secreção mamilar, que pode apresentar diferentes cores e consistências
  • Inversão do mamilo ou mudanças na pele do seio, como vermelhidão ou enrugamento

Possíveis Causas

As alterações mamárias podem ser influenciadas por fatores hormonais, condições benignas como cistos ou fibroadenomas, infecções, e, embora menos comum, câncer de mama. As mudanças hormonais são causas frequentes de dor e nódulos temporários.

Sintomas a Observar

É importante estar atenta a qualquer nova massa ou nódulo nas mamas, mudanças na pele sobre a mama, alteração do mamilo, secreção mamilar, especialmente se for sanguinolenta, e qualquer área de dor persistente.

Quando Procurar Ajuda Médica

  • Qualquer novo nódulo ou massa
  • Dor persistente em uma área específica
  • Secreção mamilar, especialmente se sanguinolenta ou unilateral
  • Mudanças visíveis na pele ou formato do mamilo

A maioria das alterações mamárias não é indicativa de câncer, mas uma avaliação médica é essencial para descartar ou tratar condições sérias.

Exames de Diagnóstico

Dependendo dos sintomas, seu médico pode recomendar:

  • Ultrassonografia mamária, para distinguir entre nódulos sólidos e cistos
  • Biópsia de mama, para análise detalhada do tecido mamário
  • Mamografia, para detecção precoce de câncer de mama
  • Estes exames auxiliam na determinação da natureza das alterações mamárias e na definição do plano de tratamento apropriado.

Prevenção e Detecção Precoce

A chave para prevenir complicações mamárias sérias reside na detecção precoce.

Embora o autoexame mamário não seja mais amplamente recomendado como uma estratégia eficaz de rastreamento, é crucial seguir as orientações médicas para realizar mamografias periódicas e manter consultas regulares para exames clínicos das mamas, conforme aconselhado por seu profissional de saúde.

Caso haja presença dos sintomas, recomendamos que o paciente consulte-se com uma das especialidades abaixo:

Compreender a natureza das alterações mamárias e o momento apropriado para buscar orientação médica é fundamental para a manutenção da saúde mamária.

Apesar de a maioria dessas alterações ser benigna, a identificação e o tratamento precoces de condições mais graves, como o câncer de mama, são essenciais para o bem-estar feminino.

É vital manter um cronograma de exames periódicos e buscar avaliação profissional frente a qualquer mudança observada.

Dra. Sara Lemos

Escrito por Dra. Sara Lemos

Médica de Família

CRM-MG: 48683

Você tem uma pergunta?

Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se a um especialista.

Pergunta

Estou amamentando e um parte ficou vermelho, pode ser mastitis? como posso saber?

Dr. Rodrigo Athanazio

CRM-SP: 122658

A mastite é uma inflamação da mama que geralmente ocorre durante a amamentação. Os sintomas típicos incluem dor, vermelhidão, inchaço e calor na mama afetada, além de febre e calafrios. Se você está amamentando e está experimentando vermelhidão no peito, é possível que seja mastite, mas é importante procurar orientação médica para confirmar o diagnóstico e receber tratamento adequado. Aqui estão algumas maneiras de identificar se você tem mastite: 1. Vermelhidão e calor: Se uma ou ambas as mamas estão vermelhas, quentes ao toque e sensíveis, pode ser um sinal de mastite. 2. Dor e inchaço: A mastite geralmente é acompanhada de dor intensa na mama afetada, que pode piorar durante a amamentação ou ao tocar a área. Você também pode notar inchaço na mama. 3. Febre e calafrios: A febre é um sintoma comum de mastite. Se sua temperatura corporal estiver acima de 38°C, especialmente se acompanhada de calafrios, isso pode ser um sinal de infecção. 4. Fluido espesso: Você pode notar que o leite materno na mama afetada está mais espesso e pode conter traços de sangue ou pus. Se você suspeita que está com mastite, é fundamental entrar em contato com um profissional de saúde, como um médico da família, mastologista, ginecologista ou clínico geral. Eles podem fazer um exame físico para confirmar o diagnóstico e podem prescrever antibióticos, se necessário, para tratar qualquer infecção presente. Além disso, eles podem fornecer orientações sobre técnicas de amamentação adequadas e medidas para aliviar os sintomas, como aplicação de calor úmido e massagem suave na mama afetada.

Ver mais

Dr. Rodrigo Athanazio