Clínica São Bento

A clínica está localizada em Rua Dr. Zuquim , 296, Santana e atende a 6 especialidade(s). O valor das consultas varia de R$ 164 a R$ 800 quando agendadas pela Melvi.

Melvi Protege

Consultorio
Consultorio
Consultorio
Recepcao
Recepcao
Consultorio
Consultorio
Estacionmento
Recepcao
Consultorio
Recepcao
Consultorio
Consultorio
Consultorio
Consultorio
Consultorio
Recepcao
Consultorio
Fachada

Localização

Mapa localizando a clínica Clínica São Bento

Rua Dr. Zuquim , 296, Santana

Como chegar

Especialidades

Clínica Geral

O clínico geral é um médico especializado em medicina interna que desempenha um papel fundamental na promoção da saúde e na detecção precoce de doenças. Este profissional é muitas vezes o primeiro ponto de contato entre os pacientes e o sistema de saúde. Mas quando é apropriado procurar ajuda de um clínico geral? - Check-ups regulares: É altamente recomendável que as pessoas façam check-ups regulares com um clínico geral, mesmo quando se sentem saudáveis. Isso permite a detecção precoce de problemas de saúde e a prevenção de doenças. - Sintomas persistentes: Quando os sintomas de uma doença persistem por um período prolongado ou pioram com o tempo. Isso se aplica a sintomas como febre, dor crônica, tosse persistente, perda de peso inexplicável e fadiga extrema. - Prevenção de doenças: Além do tratamento de doenças existentes, um clínico geral é fundamental para aconselhar sobre medidas de prevenção. Isso pode incluir vacinações, orientações sobre dieta, exercícios e hábitos saudáveis. - Gestão de condições crônicas: Se você possui uma condição médica crônica, como diabetes, hipertensão, asma, ou qualquer outra, o clínico geral ajudará a gerenciá-la, fazendo o acompanhamento adequado e ajustando o tratamento conforme necessário. - Problemas de saúde específicos: Se você tem um problema de saúde específico que não se enquadra em nenhuma especialidade médica óbvia, um clínico geral é o ponto de partida ideal para avaliação e encaminhamento a especialistas, se necessário. É importante entender que os médicos clínicos gerais são médicos versáteis e capacitados que podem ajudar em uma ampla variedade de situações de saúde. Eles são a primeira linha de defesa na promoção da saúde e na prevenção de doenças.

Ver mais

ValorR$ 164

Ver disponibilidade

Ginecologia

O ginecologista é um profissional dedicado à saúde da mulher, abrangendo uma variedade de aspectos relacionados ao sistema reprodutivo, bem-estar ginecológico e saúde sexual. É fundamental para garantir a qualidade de vida, prevenção e tratamento de condições específicas. Procurar a ajuda de um ginecologista é aconselhável em diversas situações: - Exames de rotina: Consultas ginecológicas regulares, conhecidas como ''consultas de prevenção'' ou ''exames de Papanicolau'', são recomendadas para rastrear condições como câncer de colo do útero, além de monitorar a saúde geral do sistema reprodutivo. - Menstruação irregular ou dolorosa: Se você enfrentar menstruações irregulares, dor intensa durante o ciclo menstrual ou outros problemas relacionados à menstruação. - Gravidez e saúde reprodutiva: Durante a gestação, é fundamental receber cuidados pré-natais. Além disso, se você estiver planejando engravidar, um ginecologista pode oferecer orientação e cuidados pré-concepcionais. - Infecções e doenças sexualmente transmissíveis: Se suspeitar de uma infecção vaginal ou for diagnosticada com uma DST. - Dor pélvica ou desconforto ginecológico: Qualquer dor persistente na região pélvica, alterações no ciclo menstrual ou outros desconfortos devem ser investigados. - Problemas de saúde ginecológica: Como miomas uterinos, endometriose, síndrome dos ovários policísticos e outros distúrbios ginecológicos requerem a avaliação e tratamento de um especialista. A ginecologia desempenha um papel crucial na manutenção da saúde e bem-estar das mulheres em todas as fases de suas vidas. É essencial procurar ajuda de um ginecologista regularmente e sempre que surgirem preocupações específicas relacionadas à saúde feminina. A prevenção e o tratamento precoces são fundamentais para garantir uma vida saudável e plena.

Ver mais

ValorR$ 164

Ver disponibilidade

Obstetrícia (Pré-Natal)

O obstetra é um profissional de saúde especializado no cuidado da gestação, parto e pós-parto. Seu papel é essencial para garantir a saúde da mãe e do bebê durante a gravidez, parto e período pós-natal. Saber quando procurar ajuda de um obstetra é vital para uma gravidez segura e saudável. Aqui estão algumas situações em que é apropriado procurar ajuda de um obstetra: Confirmação de gravidez: Quando você suspeita que está grávida, é possível procurar um obstetra para confirmar a gravidez e iniciar o cuidado pré-natal. Cuidados pré-natais: O acompanhamento pré-natal é fundamental para monitorar a saúde da mãe e do bebê durante a gravidez. Consultas regulares com um obstetra ajudam a identificar e tratar problemas precocemente. Complicações na gravidez: Se você enfrentar complicações durante a gravidez, como pressão alta, diabetes gestacional, placenta prévia, ou qualquer outra condição que exija cuidados especiais, um obstetra irá gerenciar o tratamento e a monitorização. Dor abdominal ou sangramento: Se você sentir dor abdominal intensa ou sangramento durante a gravidez, é crucial procurar ajuda imediatamente, pois isso pode ser um sinal de problemas graves. Trabalho de parto: Quando o trabalho de parto começa, é hora de contatar o obstetra para orientação sobre o que fazer a seguir e para planejar a chegada do bebê. Parto: Durante o parto, um obstetra desempenha um papel fundamental na assistência ao parto e na garantia da segurança da mãe e do bebê. Complicações no parto: Se ocorrerem complicações durante o parto, como a necessidade de uma cesariana de emergência, um obstetra tem a expertise para tomar decisões e realizar procedimentos necessários. Cuidados pós-parto: Após o nascimento do bebê, um obstetra continua a desempenhar um papel importante no acompanhamento da mãe e do bebê para garantir que ambos estejam se recuperando adequadamente.

Ver mais

ValorR$ 164

Ver disponibilidade

Papanicolau / Preventivo (consulta+coleta)

O exame de Papanicolau, também conhecido como citologia cervical, é um teste de rastreamento ginecológico fundamental projetado para detectar precocemente alterações nas células do colo do útero, que podem indicar a presença de processos pré-cancerosos ou cancerosos, especialmente o câncer de colo do útero. Este exame envolve a coleta suave de células da superfície do colo do útero e da vagina, que são então examinadas ao microscópio para buscar por anormalidades. O Papanicolau é aclamado por sua eficácia na redução da incidência e mortalidade por câncer cervical, através da detecção precoce e tratamento de lesões antes que elas evoluam para câncer. Profissionais que podem realizar o Papanicolau: - Ginecologistas - Enfermeiros Obstetras e Enfermeiros com formação em saúde da mulher - Médicos de Família e Clínicos Gerais Indicações para realizar o Papanicolau: - Rastreamento Rotineiro: Recomendado para mulheres de 21 a 65 anos de idade, como parte do rastreamento regular para prevenir o câncer cervical. A frequência recomendada pode variar de acordo com a idade, histórico de resultados anteriores e diretrizes de saúde pública, geralmente a cada três anos se os resultados forem normais. - Após Resultados Anormais: Mulheres que tiveram resultados anormais em exames anteriores podem precisar realizar o Papanicolau com maior frequência, conforme orientação médica. - Sintomas de Alerta: Mulheres que apresentam sintomas como sangramento vaginal anormal, dor durante as relações sexuais ou secreção vaginal incomum podem necessitar de um exame de Papanicolau para investigar a causa desses sintomas. - Após Início da Atividade Sexual: Embora a idade inicial recomendada para começar o rastreamento seja aos 21 anos, mulheres que iniciaram a atividade sexual podem discutir com seus médicos a necessidade de realizar o exame antes dessa idade, com base em fatores de risco individuais. Em síntese, o exame de Papanicolau é uma ferramenta crítica na prevenção do câncer de colo do útero, permitindo a detecção e tratamento precoce de alterações celulares antes que se tornem malignas. Mulheres devem consultar seus profissionais de saúde sobre a necessidade e a frequência de realizar o Papanicolau, baseando-se em suas circunstâncias individuais, para garantir uma abordagem proativa em relação à sua saúde ginecológica.

Ver mais

ValorR$ 227

Ver disponibilidade

Retirada de DIU (consulta+retirada)

A retirada do Dispositivo Intrauterino (DIU) é um procedimento médico simples, mas essencial, realizado para remover um DIU do útero. O DIU é um método contraceptivo de longa duração, altamente eficaz, que pode ser de cobre, prata ou hormonal, inserido no útero para prevenir a gravidez. A retirada é indicada quando o dispositivo atinge o fim de sua vida útil, há o desejo de engravidar, ou em casos de complicações, como deslocamento do DIU ou reações adversas. Este procedimento envolve a avaliação clínica pelo profissional de saúde, seguida da cuidadosa extração do DIU utilizando instrumentos especializados, garantindo conforto e segurança para a paciente. Profissionais habilitados para a retirada do DIU: 1) Ginecologistas: Especialistas em saúde feminina com treinamento específico para a inserção e remoção de dispositivos intrauterinos. 2) Médicos de família ou Clínicos gerais com experiência em uma ampla gama de cuidados primários, incluindo procedimentos contraceptivos. Indicações para a retirada do DIU: - Fim do prazo de validade: DIUs têm uma vida útil limitada, após a qual devem ser removidos ou substituídos. - Desejo de gravidez: Mulheres que desejam engravidar devem ter o DIU removido. - Complicações ou desconforto: Casos de deslocamento do DIU, infecção, dor persistente ou sangramento anormal podem exigir a retirada. - Preferência por outro método contraceptivo: Mudança para um método contraceptivo diferente ou interrupção da contracepção. O procedimento de retirada do DIU é geralmente rápido e causa desconforto mínimo. Contudo, é crucial que seja realizado por um profissional de saúde qualificado para evitar complicações. Após a retirada, a capacidade de engravidar é geralmente restaurada rapidamente, embora possa variar de acordo com o indivíduo. Mulheres devem discutir suas opções de planejamento familiar e qualquer preocupação relacionada à saúde ginecológica com seu médico para determinar o melhor curso de ação após a retirada do DIU. Este procedimento sublinha a importância do acompanhamento ginecológico regular e do diálogo aberto entre paciente e profissional de saúde, assegurando decisões informadas sobre saúde reprodutiva e contracepção.

Ver mais

ValorR$ 240

Ver disponibilidade

Inserção de DIU (consulta+inserção) - DIU Não Incluso

A inserção do Dispositivo Intrauterino (DIU) é um procedimento clínico efetuado para colocar um método contraceptivo de longa duração dentro do útero. Existem dois tipos principais de DIU: o de cobre, com a variante de prata, que funciona com base na liberação de íons de cobre para prevenir a fertilização, e o hormonal, que libera hormônios para impedir a gravidez. Este procedimento é reconhecido por sua alta eficácia, durabilidade e reversibilidade, sendo uma escolha popular entre mulheres que buscam uma solução contraceptiva de longo prazo. A inserção é rápida, realizada em um ambiente clínico por um profissional de saúde qualificado, e, embora possa causar desconforto temporário, as complicações são raras. Profissionais qualificados para inserir o DIU: 1) Ginecologistas: Médicos especializados em saúde feminina, treinados para realizar procedimentos ginecológicos, incluindo a inserção de DIUs. 2) Médicos de família e clínicos gerais: Profissionais com conhecimentos gerais de medicina, incluindo os cuidados primários de saúde reprodutiva. Indicações para a inserção do DIU: - Contracepção de longa duração: Ideal para mulheres que desejam uma opção contraceptiva eficaz e de longo prazo. - Planejamento familiar: Para casais que querem espaçar o nascimento dos filhos ou limitar o tamanho da família. - Menstruação pesada ou dolorosa: O DIU hormonal pode reduzir a intensidade e a dor menstrual em algumas mulheres. - Prevenção da endometriose: Em certos casos, o DIU hormonal é recomendado para aliviar os sintomas da endometriose. O processo de inserção inclui uma consulta inicial, na qual o profissional de saúde avalia a saúde geral e as necessidades contraceptivas da paciente, seguido pelo procedimento de inserção, que é geralmente breve. Pode-se sentir uma cólica ou desconforto durante e após a inserção, mas esses sintomas tendem a ser temporários. Após a inserção, é recomendado um acompanhamento para garantir a correta posição do DIU e discutir quaisquer preocupações ou efeitos colaterais. A inserção do DIU é um marco significativo no cuidado contraceptivo, oferecendo às mulheres controle sobre sua saúde reprodutiva com uma opção de longa duração e reversível. Mulheres interessadas em adotar o DIU como método contraceptivo devem consultar um profissional de saúde para discutir suas opções, garantindo que a escolha se alinhe com suas necessidades e condições de saúde específicas. Este procedimento sublinha a importância de acessar cuidados de saúde reprodutiva qualificados e personalizados.

Ver mais

ValorR$ 800

Ver disponibilidade

Corpo Médico